A Páscoa e seu Verdadeiro Sentido

PÁSCOA = Em Hebraico Quer Dizer Pesah, Que vem de um verbo que significa “Passar Por Cima “. no sentido de poupar. (Êxodo 12.13,27 etc.).

1a - PÁSCOA SUA INSTITUIÇÃO = Êxodo 12:1-29

QUANDO E ONDE SERIA REALIZADA A 1a PÁSCOA:

Mês de Abibe-chamado depois de Nisã, o mês no qual amadurecia o cereal e no qual foi celebrada a primeira páscoa. Tornou-se o primeiro mês do calendário judaico, para celebrar o acontecimento em Êxodo 12.2; Dt 18.1; conforme Lv 23.5; Nm 9.15; 28.16.

QUEM SERIA A VÍTIMA PASCAL:

Um cordeiro ou um cabrito. Macho, de um ano, sem defeito, sem mancha ou mácula. Em Êxodo 12:46 e Números 9:12 determinou-se que nenhum osso da vítima pascal deveria ser partida. Esse detalhe foi cumprido quando Jesus foi crucificado João 19:36.

COMO SERIA A PÁSCOA:

• Animal seria morto e o seu sangue seria passado nas vergas e nas ombreiras das portas de cada família Israelita (Hebréia).

• O sangue seria aplicado com hissôpo, a folhagem de uma planta usada para purificação no tempo de Moisés.

• A carne seria assada (vide texto bíblico), comida apressadamente, com lombos cingidos, sandálias nos pés e cajado nas mãos.

• Seria comido com pães asmos (sem fermento) chamado pão da aflição.

A QUE HORAS SERIA REALIZADA A PÁSCOA:

No crepúsculo da tarde, horário entre o pôr do sol e o anoitecer total.

ONDE SERIA REALIZADA:

Em família, no recinto familiar.

QUAL A FINALIDADE DA PÁSCOA:

• Povo Hebreu, chamado depois de povo de Israel, era escravo no Egito há mais ou menos 420 anos.

• Deus prometeu libertá-los, mas Faraó não queria que isso acontecesse. Deus então enviou nove pragas sobre o Egito, mas o coração do rei se mostrou endurecido.

• Jeová então enviou a décima praga, que foi a morte dos primogênitos.

• Para que houvesse livramento; para que a morte não chegasse à moradia dos hebreus foi necessário que o sangue fosse aplicado nas ombreiras da porta de cada habitante (povo de Deus).

• O povo hebreu foi salvo da morte e partiu rumo a terra prometida.

• Deus ordenou ao povo que comemorasse a Páscoa após a saída do povo do Egito e contasse a história para seus filhos. Êxodo 12:24-27a

Referências; Êxodo 1 a 11 Sofrimento do povo Hebreu, nascimento de Moisés e seu chamado.

Instituição da Páscoa - Êxodo 12: 1-28

Morte dos primogênitos - Êxodo 12: 12 -36

PÁSCOA NO NOVO TESTAMENTO:

O uso judaico, nos dias de Herodes, é refletido no tratado Mishnah Pesahim.

O povo comum se congregava em grupos, no átrio exterior do Templo para abater as vítimas pascais.

Os sacerdotes punham-se em duas fileiras; em uma fileira cada homem tinha uma bacia de ouro, e na outra cada homem tinha uma bacia de prata. A bacia que apanhava o sangue da vítima era passada de mão em mão, numa troca contínua, até o fim da fileira, onde o último sacerdote lançava o sangue, à maneira própria do ritual, sobre o altar.

Tudo isso era feito com o acompanhamento do cântico do Hallel, ou seja, os Salmos 113-118.

Esses e outros detalhes eram bem diferentes da cerimônia simples realizada no Egito

A vítima pascal era abatida no templo judeu, porém a própria refeição podia ser consumida dentro de qualquer casa no interior dos limites da cidade.

Cristo comemorou a Páscoa

Mateus 26: 17-19 / 26-30

Marcos 14:12-16 / 22-26

Lucas 22: 14 a 18 / 19-23

João 13: 1-11

• Cordeiro verdadeiro estava presente, não houve o cordeiro animal. Foi introduzido o vinho e retirada as ervas amargas. O pão iria dali pôr diante simbolizar a carne do verdadeiro Cordeiro, bem como o vinho o sangue do Redentor.

• Com a chegada do cristianismo, com a morte de Cristo na cruz do Calvário, a Páscoa passou a denotar o aniversário da ressurreição de Jesus.

A MUDANÇA DO SENTIDO DA PÁSCOA ATRAVÉS DOS TEMPOS:

Nos países de língua germânica a festa da Páscoa era comemorada como a festa do equinócio de inverno.

Subseqüentemente, com a chegada do cristianismo, essa mesma palavra passou a ser empregada para denotar o aniversário da ressurreição de Cristo.

Os cidadãos coloriam ovos e ofereciam aos seus amigos.

A palavra Páscoa em Inglês “Easter” é uma reminiscência de “Astarte”, a deusa-mãe da fertilidade, cujo culto era generalizado pôr todo mundo oriental e ocidental e que na Bíblia é chamada de Astarote.

Quem é Astarote - deusa-mãe com aspectos de deusa da fertilidade, do amor e representando uma mulher despida, têm sido descoberta em diversos lugares da palestina representando a deusa Astarte.

A MUDANÇA DO SENTIDO DA PÁSCOA ATRAVÉS DOS TEMPOS:

Enquanto o povo Deus comemorava a Páscoa, simultaneamente na mesma época e em lugares diferentes os filhos das trevas prestam cultos a demônios.

Exemplo: Entre os povos de língua Germânica, comemoram a festa do EQUINÓCIO DE INVERNO.

E QUEM É ASTARTE?

“Deusa fenícia do amor, geralmente identificada com a GREGA AFRODITE, ou com a EGÍPICIA ISIS (Almanaque Abril 1978 pág. 380) ou ainda VÊNUS DE MILLUS; no Brasil, IANSÔ.

COMO ERA COMEMORADO O EQUINÓCIO:

Os ovos eram coloridos (pôr representarem a vida e a fertilidade) Esses ovos coloridos eram consagrados nos templos e enviados aos amigos, aos casais estéreis, às mulheres ou homem a quem se desejava conquista.

Obs. Despachos equivalente à garrafa de champanhe oferecidas a pomba-gira.

Sabemos que o coelho também é p/ o pagão símbolo de fertilidade, os mesmo objetos de culto aos demônios do sexo, mas pela palavra coelho é “animal imundo” Levítico 11:6

“O coelho era símbolo pagão e tem sido sempre um símbolo de fertilidade”. Como o ovo de páscoa e o coelho de páscoa veio para o cristianismo desde a antiguidade. O coelho é associado com a lua nas lendas do antigo Egito e outros povos… Através do fato de que a palavra egípcia para coelho significa “aberto” e “período”, o coelho veio a ser associado com a idéia de periodicidade, tanto lunar como humana, e com um principio de nova vida tanto no jovem como na jovem, sendo assim um símbolo de fertilidade e de renovação da vida.

Como tal o coelho ficou ligado aos ovos de páscoa. Portanto, o coelho da páscoa como os ovos da páscoa eram símbolos de significado sexual, símbolos da fertilidade.

Acreditar que um coelho “bota” um ovo de chocolate é simplesmente absurdo!

O pior é que induzimos nossos filhos a crer numa mentira imposta pelo paganismo e reforçada pela igreja romana.

Toda a simbologia redentiva da Páscoa foi esquecida e alterada para esvazia-la de seu verdadeiro conteúdo bíblico e profético!

Na estação da Páscoa não é incomum para os cristãos irem a cultos ao nascer do sol.

Acredita-se que isso honra a Cristo, porque Ele ressuscitou dos mortos no Domingo de Páscoa pela manhã, bem na hora que o sol estava surgindo. Mas a ressurreição não ocorreu verdadeiramente ao nascer do sol, pois ainda era ESCURO quando Maria Madalena veio ao sepulcro e ele estava vazio.

E na mesa do Senhor, na Páscoa do Senhor não usamos nada imundo.

• Sempre os espíritos das trevas exigem alimentos em seus cultos, seja a farofa, a bebida, ou mesmo a bala, doces, cocadas etc. para Cosme Damião (Igreja católica) ou menino de angola na umbanda.

• Certamente você não deixa seu filho receber balas, doces etc. da mão de santo no dia de Cosme e Damião.

• Porque então comer os ovos consagrados a astarote (pomba-gira)

“ É Tempo de restaurarmos o ensino da verdadeira Páscoa. Amém

O meu povo erra por que falta que vos ensine, o meu povo perece porque lhe falta entendimento.” Oséias 6.3

O QUE A BÍBLIA FALA SOBRE COISAS SACRIFICADAS A ÍDOLOS:

No mundo greco-romano os sacrifícios eram apresentados aos deuses no templo

• Sacrifício era apresentado pôr uma refeição religiosa, quando o alimento consagrado era consumido nos recintos do templo ou em casa. Algumas vezes o restante era enviado ao mercado para ser vendido. I Coríntios 10:25; I Coríntios 8: 1-13, I Coríntios 1:26

• Havia em Coríntios estas cerimônias e haviam crentes tentados a participar.

O apóstolo Paulo esclarece quanto a coisas sacrificadas a ídolos.

A PÁSCOA DA SOCIEDADE ATUAL:

Tem como símbolo o coelho considerado na Bíblia como animal imundo e proibido para o consumo alimentar dos Judeus. Lev 11:6.

Para a sociedade ele é o símbolo da fertilidade, bem como o ovo que o acompanha. Semelhança com Astarte deusa-mãe da fertilidade.

Segundo a revista AMAE EDUCANDO a festa com Ovo da Páscoa é uma festa pagã. (revista No 172)

Que cerimônia é essa comemorada pela sociedade comunista? O que representa?

De acordo com o que lemos não é nada menos que uma armadilha satânica que tenta torcer toda a mensagem bíblica da Páscoa.

A mensagem de sacrifício e redenção do homem, que nada tem a ver com coelho, e os ovos de chocolate...

Extraído revista Bom Marche 22/03/99

Os festejos da Páscoa em todo o mundo possuem variações em suas origens e significados.

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Segunda, 17 Abril 2017 17:49
Otávio Guilherme

Otávio Guilherme é cantor, compositor e apresentador do programa Amigos de Deus em BH, Minas Gerais. Trabalha também com produção, gravação e edição de vídeos além de criar websites.

www.otavioguilherme.com.br

Trending Now

Latest Tweets

Essa é sim a minha princesa... 30 anos! Te amo! https://t.co/JgVrmmcawn
https://t.co/nSA7ahqjde
Kd vc? https://t.co/BbKbcgdAvL
Follow Otávio Guilherme on Twitter

Post Gallery

A Rádio Arca em seu celular 24 horas

Após atentado islâmico, versículos bíblicos tomam ruas de Londres

Eu Colherei - Remix por DJ Adelson

Jaci Velasquez lança o álbum Trust

Erdogan volta a provocar cristãos e mostra sua intenção de ser califa

Visita de Trump a Israel pode ter consequências proféticas

Chuck Norris: “Ler a Bíblia me trouxe de volta a Cristo”

Teólogo pede que cristãos não esqueçam: “A Ressurreição mudou tudo”

André Valadão lança o EP Adoração