Novembro 26, 2022
Ouça a Rádio Arca aqui!

Médico que orava por pacientes tem vitória em tribunal Featured

Médico que orava por pacientes tem vitória em tribunal Cegonha (Foto: Reprodução/Canva)

Andrea Williams, executiva-chefe do Christian Legal Center, comemorou a vitória do cristão no tribunal.

O doutor Richard Scott, de 62 anos, cristão residente na Inglaterra, foi investigado e punido durante 3 anos por orar por seus pacientes. Na segunda-feira (26), ele ganhou uma ação contra o Serviço Nacional de Saúde.

Segundo informações, durantes os anos de 2019 a 2021, Scott foi ameaçado de ser tirado da lista de profissionais do Serviço Nacional de Saúde, caso ele não obedecesse às regras de um curso de” limites profissionais”, a fim de mudar sua maneira de tratar a fé com seus pacientes.

Vale ressaltar, que o curso que Scott foi obrigado a participar, é feita para profissionais que cometeram assédio sexual.

Diante dessa situação, Richard contestou sua participação no curso, e por esse motivo foi submetido a avaliação psicológica.

Apesar do Conselho Médico Geral, ter entendido na ocasião, que o médico não tinha quebrado nenhuma regra e que “a discussão de fé nas consultas não é proibida”, o Serviço Nacional de Saúde abriu um processo contra Scott.

No entanto, nessa segunda-feira (26), os advogados concordaram que o Dr. Richard pode orar pelos pacientes, seguindo as devidas orientações do Conselho Médico Geral.

Segundo Richard Scott, ele sempre orou pelos pacientes seguindo as regras profissionais, e as reclamações sobre isso foram feitas por grupos anônimos.

Atuando na medicina há 35 anos, Scott considera esse processo um “caça às bruxas implacável”.

“Infelizmente, tenho visto uma profunda intolerância de algumas partes do NHS em relação às crenças cristãs e uma completa falta de compreensão do que é a oração e como ela impacta positivamente a vida das pessoas”, disse.

“O preço para mim e minha família nos últimos anos foi imenso e espero que o assunto esteja finalmente encerrado. Espero que este resultado seja como um encorajamento para outros profissionais cristãos de que é mais do que ‘ok’ compartilhar sua fé e que vale a pena lutar pela liberdade,” concluiu.

Andrea Williams, executiva-chefe do Christian Legal Center, comemorou a vitória do cristão no tribunal.

“Estamos muito satisfeitos que Richard Scott tenha sido novamente justificado e que a justiça tenha prevalecido”, declarou.

“Não há evidência de que a prática do Dr. Scott de orar com seus pacientes tenha interferido de alguma forma na entrega de um excelente tratamento – na verdade, muito pelo contrário. Ele viu muitos pacientes se livrarem do vício em bebidas e drogas e se tornarem membros ativos da sociedade por meio de seus cuidados espirituais,” ressaltou.credito: Gospel prime

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sexta, 30 Setembro 2022 15:25

Latest Tweets

RT @andreporci: Tiraram o cara da cadeia. Da CADEIA!
RT @juniormelorn_: Bolsonaro entrou com uma ação criminal contra Gleisi e Lula agora há pouco!
RT @EdRaposo_: Generais dão aval a Bolsonaro. Enquanto isso o STF recebe a oportunidade de isolar Moraes - assim, talvez, alguns poderiam s…
Follow Otávio Guilherme on Twitter

Post Gallery

A Rádio Arca em seu celular 24 horas

Anjos - a natureza dos anjos

Filho de líder ateísta se converte e hoje é pastor

Coluna do “pórtico de Salomão” é desenterrada em Jerusalém

Eu Colherei - Remix por DJ Adelson

Leitura da Bíblia cresce perto do Natal, indica pesquisa

Visita de Trump a Israel pode ter consequências proféticas

Teólogo pede que cristãos não esqueçam: “A Ressurreição mudou tudo”

Após atentado islâmico, versículos bíblicos tomam ruas de Londres