Fevereiro 21, 2024
Ouça a Rádio Arca aqui!

A perseguição religiosa aos cristãos na China é uma realidade antiga, mas que infelizmente vem se tornando mais acirrada sob o governo do ditador Xi Jiping. Através do Partido Comunista, os seguidores de Jesus são assediados constantemente, punidos de várias formas e por vezes torturados.

 

Um evangelista foi ameaçado por usar uma camiseta com a frase “Jesus salva” durante seu passeio em um shopping. Os seguranças ordenaram que ele retirasse a camiseta ou saísse do estabelecimento.

O caso foi registrado na cidade de Bloomington, no estado de Minnesota (EUA). Os seguranças o abordaram afirmando que as frases da camiseta que ele usava estavam “ofendendo as pessoas”.

 

Entre os milhões de cristão corajosos que vivem na China comunista, Yankui é sem dúvida um dos que merecem destaque por parte da imprensa cristã. Condenado injustamente, ele não se deixou intimidar pela perseguição religiosa em seu país e resolveu fazer uma  pregação em seu julgamento.

 

Pesquisadores descobriram recentemente quatro novas inscrições em um sítio arqueológico próximo à Galileia que mostram evidências do cristianismo primitivo em um local comumente conhecido como “Igreja Queimada”.

As quatro inscrições foram descobertas enquanto arqueólogos limpavam mosaicos bizantinos na igreja Martírio de Teodoro, localizada em Hippos, perto do Mar da Galileia, no final do mês passado.

Viralizou nas redes sociais o vídeo de um homem que aparece sendo covardemente agredido, no rosto, por outros. A gravação foi compartilhada pela organização de vigilância religiosa International Christian Concern (ICC), onde é dito que a vítima é um trabalhador cristão.

Página 1 de 6